Por favor configurar sua chave API!

Diário de Ilhéus

Notícias

Canavieiras viveu os cinco dias de intensa alegria e animação

Canavieiras viveu os cinco dias  de intensa alegria e animação
fevereiro 12
07:11 2016

Um carnaval elaborado para todos os gostos de estilos. Assim foi, mais uma vez o Carnaval da Reconstrução, em Canavieiras, na sua terceira edição. Toda essa animação teve como palco o Sítio Histórico de Canavieiras, um dos locais mais bonitos e deslumbrantes da cidade e onde está implantada grande parte da infraestrutura gastronômica, com dezenas de bares e restaurantes.
E nesses cinco dias de folia – de sexta à terça-feira – 21 atrações se apresentaram ao público em dois palcos: o do Carnaval Cultural e do Carnaval Convencional. Diariamente, no palco 2, das 19 às 23 horas, as bandas abriam o Carnaval tocando marchinhas de antigos carnavais. A partir daí, até ao raiar do dia, bandas de sucesso contratadas pela Prefeitura animavam os foliões, no palco 1. O Carnaval da Reconstrução contou com o apoio do Governo do Estado da Bahia, por meio da Bahiatursa e Secretaria do Turismo.
E a empolgação de canavieirenses e turistas estava marcada nas pessoas que não “arredavam” o pé dos sítios da folia. No domingo (7), no palco do Carnaval Cultural a folia começou mais cedo, às 16h30min, com o Baile Infantil animado por Iara Silva, seguido da apresentação de Nunes & Bruno Reis e Banda e Litinho e Banda. Ainda se apresentaram no palco cultural, Boinha Miranda e as bandas da Lyra do Commercio e 2 de Janeiro e Leandro Lima.
Mas o 3º Carnaval da Reconstrução não entusiasmou apenas os foliões. Os próprios músicos se diziam impressionados com o número e a qualidade do público presente. Alguns integrantes de bandas, ao encerrarem sua apresentação na festa, continuavam no palco ou no camarote oficial do prefeito.
Na segunda-feira (8), a Banda Realce, que foi a primeira a abrir o Carnaval Convencional, continuou no palco até que na entrada do cantor Neto LX, travaram um diálogo em frente ao público elogiando a festa. Em seguida, a Banda Tsunami levou os foliões ao delírio ao cantar seu repertório bastante familiarizado do público. E mesmo após concluir sua apresentação, à 7 da manhã o público se recusava a sair do sítio da folia.
Além do Carnaval Oficial – cultural e convencional – participaram do Carnaval de Rua os tradicionais Blocos As Muquiranas (homens fantasiados de mulher) e Dos Trinta, que desfilaram da praça Maçônica ao Sítio Histórico. Esses blocos conhecidos pela irreverência, arrastaram o público por toda a Rua 13, no domingo (7) e na terça-feira (9)

O palco do Carnaval Cultural foi bastante prestigiado…. Foto: Wagnevilton Ferreira

Compartilhar

Sobre o Autor

diarioilheus

diarioilheus

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

6 − 5 =

Edição Online

DI - Edição Online 01

Categorias

Agenda de Postagens

junho 2018
D S T Q Q S S
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Clima na região

Anunciantes