Por favor configurar sua chave API!

Diário de Ilhéus

Notícias

Balé do Teatro Castro Alves abre o VI Festival de Dança Itacaré

setembro 11
08:06 2017

O VI Festival de Dança Itacaré agita o circuito cultural do Sul da Bahia, de 13 a 23 de setembro, com 12 espetáculos, documentário, roda de conversa, oficinas e intervenções artísticas, em Itacaré (13 a 17) e Ilhéus (22e 23). O Balé do Teatro Castro Alves abre o festival, dia 13, no Centro Cultural Porto de Trás, Itacaré, com os espetáculos Dan, 20 horas e Generxs, 20h30. As apresentações serão antecedidas pela conversa Políticas Públicas para a Dança, conduzida por Jacson Santos, às 16 horas, no Estúdio Armondes.
Neste espaço, acontecem também a exibição do documentário Raimundos: Mestre King e as Figuras Masculinas da Dança na Bahia, dirigido pelo coreógrafo Bruno de Jesus, seguida da conversa Figuras Masculinas da Dança na Bahia, mediada por ele, às 18 horas. Durante toda a programação, as apresentações serão intercaladas com a intervenção Transakrytca, uma #Ação Abre-Kaminho, da Lowcuradoria, antes e após cada espetáculo.
O segundo dia (14) começa com a oficina Agência de Rolês, ministrada por Thiago Costa, que se repete até sábado (16), sempre às 16 horas, no Centro Cultural Porto de Trás. À noite, entram em cena as montagens Toque de Guerra, com o Núcleo da Tribo e Nosso Lindo Balão Azul, do grupo Entretantas Conexão em Dança, 19 e 20 horas, no mesmo espaço.
A programação da sexta-feira (15) inclui os espetáculos Solus Híbridus, da companhia homônima e Asararas, do grupo Mangrove Tectactile & This is Not, 19 e 20 horas, no Centro Cultural Porto de Trás. No local, se repetem a oficina Agência de Rolês, 16 horas, e a intervenção Transakrytca, antes e depois das apresentações.
Sábado (16), o palco da dança será ocupado pelos espetáculos Mulata, da bailarina Wilemara Barros (Cia Dita), Solo Hibridus e Sentença, do grupo Misturarte, 19, 1930 e 20 horas, no Centro Cultural. No encerramento da etapa de Itacaré, domingo (17), o roteiro começa com a conversa Vivendo de Arte: Circuitos e Estratégias, dirigida por Felipe Assis, 16 horas, no Estúdio Armondes e termina com encenações do solo Pele de Foca, da bailarina Melissa Figueiredo e do espetáculo Entrelinhas, do grupo Ponto Art, 19 e 20 horas, no centro cultural.
Ilhéus – Na semana seguinte (22 e 23), a produção do Festival de Dança Itacaré se desloca para Ilhéus, onde reapresenta o solo Mulata, da Cia Dita e o espetáculo ISTC, solo da bailarina Isaura Tupiniquim, dia 22, às 19 e 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus.
No domingo (23), o escritor e diretor de teatro, Pawlo Cidade, ministra oficina sobre Produção Cultural, 10 horas, na Academia de Letras. O último dia do festival será marcado pelas montagens O Crivo, do grupo Ateliê do Gesto e Da Própria Pele não há quem Fuja, encenada por ExperimentandoNus Cia. de Dança, também às 19 e 20 horas, no Teatro Municipal.

Compartilhar

Sobre o Autor

diarioilheus

diarioilheus

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

7 + 11 =

Edição Online

DI - Edição Online 01

Categorias

Agenda de Postagens

abril 2018
D S T Q Q S S
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Clima na região

Anunciantes